Archive for outubro \28\UTC 2007

h1

Pushing Daisies

outubro 28, 2007

Vi em alguma crítica perdida na internet que Pushing Daisies é como Tim Burton rindo. Não pude deixar de pensar em como isso é verdade. A série tem uma atmosfera tão leve e feliz e ao mesmo tempo tão… bizarra, que a primeira coisa em que pensamos é que estamos em A Fantástica Fábrica de Chocolates, só que um pouquinho menos sombria.

E o episódio dessa semana não mudou nem um pouco minha opinião. Ned, com a ajuda de Chuck e Emerson, tem que achar o verdadeiro culpado de um acidente em que um avião bate em um prédio, ao mesmo tempo em que Olive busca ajuda para um pombo que perdeu uma de suas asas (não falei que era bizarro?).

O casal formado pelos dois personagens principais é tão legal que toda vez que aparecem em cena dá um aperto no coração saber que eles não podem nem se beijar… E a Chuck… ah, a Chuck…

h1

A Vingança dos Mosquitos

outubro 24, 2007

via ulffmorgenthaler

h1

Não seja um turista em New York…

outubro 19, 2007

História verídica:

Tourist: Excuse me, can I ask you a question? Where’s the apple?
Cop: What?
Tourist: You know, the big one? [Cop stares at her, then shrugs and points arbitrarily down Broadway.] Thanks!

–Times Square

Overheard by: I Just Work Here

-via Overheard in New York

(Em português:
Turista: Por favor, onde fica a Maçã?
Tira (haha, sempre quis usar essa palavra): Quê?
Turista: Aquela Grande, sabe?
[Policial olha pra ela, dá de ombros e aponta pra Broadway.]
Turista: Valeu!)

h1

Sonhar não custa nada…

outubro 16, 2007

Pena que comprar, sim.

Será que demora pra lançarem aqui?
Ah, e não custava nada aproveitarem e lançarem as outras temporadas de Entourage, The Office, House…

h1

Como não ser o chato do escritório

outubro 9, 2007

(ou 9 razões pelas quais Ryan é um pé-no-saco)

  1. NÃO use o seu Blackberry enquanto conversa com outras pessoas
  2. NÃO use os sonhos de outra pessoa para tentar dormir com ela
  3. NÃO gaste mais de $40 em um corte de cabelo
  4. NÃO use a palavra “jovem” como sinônimo de “melhor”
  5. NÃO use barba para parecer mais velho
  6. NÃO se vista todo de preto
  7. NÃO namore com uma pessoa do trabalho porque você não tem nada melhor pra fazer
  8. NÃO se gabe de como é fácil achar um sanduíche em NY
  9. NÃO ache que uma promoção no trabalho é uma promoção no seu caráter

via TVSquad

h1

Friday Night Lights – Season Première

outubro 8, 2007

Julie é uma bitch? Landry no time? Coach e Mrs. Coach com problemas? Lyla pregadora (eu disse pRegadora)? O que está acontecendo com Dillon, Texas? Isso foi o que pensei nos primeiros minutos de Friday Night Lights, que estreou nos EUA na sexta passada. Meu segundo pensamento foi que isso não podia dar certo.

Obviamente subestimei a criatividade dos roteiristas. FNL manteve a mesma qualidade da primeira temporada, em todos os sentidos.

Julie é uma bitch, mas com motivos. Landry está no time, mas com segundas intenções. Coach e Mrs. Coach têm problemas, mas conseguem contorná-los (e são o melhor casal da TV atual…). A Lyla… bem, a Lyla é chata mesmo.

Só não gostei de uma coisa: mudaram a abertura. Apesar de terem mantido o mesmo visual “lambido” e a mesma (e maravilhosa) música – Your Hand in Mine, de Explosions in the Sky, pra quem se interessar. O CD é muito bom –, tiraram as cenas da cidade vazia e colocaram cenas do seriado… E assim acabaram (ta, mais ou menos) com a segunda abertura que mais tem a ver com a série (Weeds ainda ganha). Claro que isso não diminui nem um pouco o fato de que essa é a melhor série teen de hoje.

h1

Maratona

outubro 4, 2007
Ontem, aproveitando que cheguei cedo em casa, resolvi fazer uma meia maratona de séries atrasadas (ou não). As duas novas que eu vi foram Chuck e The Big Bang Theory:

  • Chuck – 1×02
Não tão bom quanto o primeiro, mas ainda assim legal.

Mantendo basicamente a mesma estrutura narrativa proposta no final do piloto, a série mostra que realmente não é pra ser levada a sério. É tudo bem clichê: agente secreto durão e matador, agente secreta gostosa e boa de briga, amigo idiota e ator principal carismático, brincalhão e pega-ninguém. Até pouso de helicóptero por um passageiro teve!

  • The Big Bang Theory – 1×02
Gente, como é ruim essa série! Pelo menos é daquelas que é tão ruim que é bom, hehehe. Sabe quando falei que os personagens de Chuck são clichês? Então, essa série aqui deve ter os mesmos autores.

Kaely Cuoco (a filha mais velha de 8 Simple Rules) faz o que faz melhor: é a loira burra e gostosa. Os nerds são basicamente isso: nerds. Mas não do tipo cool, à la Seth Cohen ou o Chuck aí de cima, mas do tipo filme de sessão da tarde dos anos 80. As piadas são basicamente analogias entre a vida e teoremas físicos e matemáticos e a cara de boba da Kaely quando não entende a piada. Isso tudo emoldurado pela risada de fundo mais irritante do mundo, que ri quando a primeira palavra de uma frase sai da boca de qualquer pessoa. Agh!

É, acho que vai virar meu guilty pleasure favorito…

Ah, e hoje estréia Pushing Daisies!!!