h1

…Não se apaga da memória

maio 13, 2010

Às vezes fico me perguntando qual a razão de atores conhecidos e respeitados fazerem coisas que só podem ser classificadas no domínio da vergonha alheia. Como a Patrícia Travassos e sua série de propagandas pra fazer cagar.

Ontem eu vi mais uma dessas coisas. Tony Ramos pagando de DJ. Bizarro? Está mais para a categoria “oh meu deus nem por todo o dinheiro do mundo”

h1

maio 12, 2010

Um pouquinho de She & Him, porque… bem, porque sim!

h1

Iron Man 2

maio 2, 2010

Oh! It’s good to be back!

Essa é a primeira frase de Tony Stark no filme e realmente, é bom vê-lo de volta. Homem de Ferro 2 tinha uma missão difícil: superar a ótima primeira adaptação do herói, lançada em 2008.

E pode-se dizer que conseguiu. Ainda que tenha algumas falhas (a presença da Viúva Negra por exemplo foi praticamente dispensável), o filme é extremamente divertido.

A história começa logo após o fim do primeiro, com Anton Vanko, ex-colaborador da Stark Industries, vendo Tony Stark revelando ser o Homem de Ferro na televisão e seu filho, Ivan (Mickey “Como assim já fui sex symbol?” Rourke) prometendo que ia se vingar dele. Ao mesmo tempo, Stark tem que brigar com o governo americano, que quer os segredos do Homem de Ferro e lutar contra o envenenamento causado pelo paládio presente em seu coração artificial, tudo culminando em uma mega-batalha na Stark Expo 2010.

Ah, e não podemos esquecer das ligações com o filme dos Vingadores, representados pela presença da Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Nick Fury (Samuel L. Jackson), a importância vital que o escudo do Capitão América tem pra trama e menções ao Thor.

Enfim, vale muito a pena assistir. E que venha Thor!

h1

Alice no País das Maravilhas

abril 30, 2010

A nova aventura cinematográfica do trio mais bam-bam-bam do cinema (Tim Burton, Johnny Depp e Helena Bonham-Carter, aka A Mulher Mais Assustadora do Mundo) tinha tudo pra ser excelente: um texto extremamente popular, história non-sense e pessoas competentes na adaptação. Mas assim como a nova versão de Planeta dos Macacos e, em menor grau, a de A Fantástica Fábrica de Chocolates, a mistura final não deu liga.

A história é, na verdade, uma continuação do livro. Alice, com quase 20 anos vai ser pedida em casamento e foge ao ver um coelho de jaqueta. Acaba caindo de novo em Wonderland (Underland no filme), onde terá que ajudar a Rainha Branca a retomar o trono, depois que a Rainha Vermelha (que no filme é uma mistura desta com a Rainha de Copas) o tomou com a ajuda do Valete de Copas.

Não que o filme seja ruim. É apenas… nhé. Você não se sente envolvido em momento nenhum, não torce para a Alice se dar bem… aliás, nunca parece que ela está correndo algum perigo, nem mesmo na luta final contra o Jabberwocky (nada emocionante, por sinal).

O 3D também não ajudou em nada. Várias vezes parecia que apenas os personagens em primeiro plano estavam tridimensionais, enquanto o fundo ficava chapado. Outras horas os personagens pareciam estar em planos diferentes, apesar de estarem conversando frente a frente. E ai, que constrangedor a dancinha em CG que o Chapeleiro (Johnny Depp) faz.

Os personagens vão e vem e vão ao sabor do vento, sem muito quê nem porquê. Ao cão, por exemplo, que estava preso no início do filme, é prometido a liberdade dele e de sua família se ele pegar a Alice. Porém, ao encontrá-la, muda subitamente de ideia porque tem raiva da rainha Vermelha – e depois disso passa a rodar livremente pelos reinos, indo até a Rainha Branca e voltando sem problemas…

Os únicos personagens que realmente roubam a cena no filme são as duas Rainhas. A Vermelha (Helena Bonham-Carter) por seu visual caricato e suas extravagâncias (mesmo repetidas à exaustão, o “Cortem-lhes as cabeças!” é sempre legal de ouvir). A Branca (Anne Hathaway) pelo seu andar. Sério, TODAS as vezes que ela caminhava eu ria. TODAS.

Mas no final, não, isso não salva o filme. Dou 6,5.

Agora espero uma adaptação de Aliche no País das Más Ervilhas.

h1

Ah, os shoppings e suas promoções…

dezembro 15, 2009

E o Diamond Mall está fazendo a Escola Botafogo Praia Shopping de brindes. Aliás, já está no mestrado, olha só a promoção de Natal do shopping:

Gastando R$400 em compras, você ganha um lindo panetone!!!!!

Isso mesmo: QUA-TRO-CEN-TOS reais. Um PA-NE-TO-NE. Aquele que custa 7 reais na padaria da esquina.

Carinho, né?

h1

The Miss of the Century

dezembro 1, 2009

Olha, não sou muito fã de futebol, e teria mais coordenação se usasse o pescoço que o pé pra chutar uma bola, mas acho que nem eu tenho a capacidade de fazer o que o cara do vídeo fez:

WHAT’S HE DONE?!? WHAT’S HE DONE?!?

h1

The Nobel Funk Off

novembro 26, 2009

Esse vídeo é genial!!!

Estrelando Diddy Lama, Mother T e Nelson ‘The Man’ Dela

HIS HOLINESS IS IN DA HOUSE!