h1

Filmes que nunca deveriam ter sido feitos – Parte II: A Missão

dezembro 18, 2008

Lááááááá em 2006, em um de meus primeiros posts eu falei sobre uma tragédia anunciada: o filme Mulher-Gato, que tinha tudo pra dar errado (e deu…). A intenção era fazer uma série de posts, mas acabou que, bem, para ser franco, esqueci. Mas agora resolvi continuar a lista, com outro filme terrível, que não podia ter sido visto por olhos humanos:

Os Esquecidos ou Como Vou Resolver o Problema da Trama?

Esse filme parte de uma premissa extremamente interessante: Julianne Moore (sim, por incrível que pareça ela aceitou particpar dessa coisa) faz o papel de uma mãe que perdeu o filho em um acidente aéreo há pouco tempo. O problema é que ninguém mais se lembra dele: nem seus amigos, nem seu psiquiatra, nem o próprio pai dele! Até aí, o filme é superempolgante e muito bem construído. Você fica com a pulga atrás da orelha… Será que a mulher é doida mesmo? Será que ela inventou tudo? Será que é um fantasma?

Durante a procura pelo filho, ela se lembra de um outro pai cuja filha também morreu no mesmo acidente. Depois de convencer o pai que sua filha realmente existiu (depois de mostrar que o quarto dela foi mal-explicadamente pintado), ele se junta a ela na busca pelas crianças. O filme ainda mantém aquele suspense, você fica se perguntando qual a explicação daquilo ter acontecido, ainda mais sabendo que a mulher tem razão.

E aí… o filme desanda. E não é pouco não. Toda aquela expectativa criada durante o início dele é jogada no chão quando um policial é literalmente chupado pro infinito e além, e vem a péssima explicação: foram aliens. Sim, A-L-I-E-N-S. Pra mim é um dos casos de estagiário dando palpite. Sabe, todo mundo em volta da mesa, discutindo os rumos da história e quebrando a cabeça pra resolver o problema, quando o estagiário-júnior chega carregando o café do pessoal, e fala bem baixinho: Aliens? E ficou!

E claro que a explicação é terrível… Eles querem fazer experiências com os humanos, mas ao invés de sondas anais, começaram a mexer com a cabeça da gente. A Julianne Moore só lembra do filho porque tem uma grande força de vontade… (não parece a mesma explicação frouxa de Sinais, em que os ETs que vem pra Terra têm medo… d’água?).

Olha, é difícil dar uma nota pra esse filme, porque na verdae são dois-em-um. Pro início, eu daria facilmente um 9. Infelizmente, sem final não tem filme, e pra essa parte, vai um:

0/10

0/10

Filmes que nunca deveriam ter sido feitos: This time is 4 real

Filmes que nunca deveriam ter sido feitos 3 – O Retorno

Filmes que nunca deveriam ter sido feitos – 1

Anúncios

4 comentários

  1. […] início do filme, assim como Os Esquecidos, é muito bom. Quatro amigos de infância (que tem um poder de conversar entre si telepaticamente – […]


  2. […] início do filme, assim como Os Esquecidos, é muito bom. Quatro amigos de infância (que tem um poder de conversar entre si telepaticamente – […]


  3. […] Filmes que nunca deveriam ter sido feitos – Parte II: A Missão […]


  4. […] Filmes que nunca deveriam ter sido feitos – Parte II: A Missão […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: