h1

Festival do Rio

setembro 25, 2006

Find Me Guilty

É, acabou que eu fui ver o filme. Tava passando logo depois de Clerks II, então resolvi ficar. E não é que me surpreendi?

O filme conta a história de Jackie Dee, um mafioso que é preso e, numa decisão que muitos pensaria ser loucura, quis ser seu próprio advogado. Acontece que essa é uma história real (com licensas poéticas, lógicamente), e, segundo o próprio filme, grande parte dos diálogos foram retirados de transcrições feitas de dentro do tribunal mesmo.

Como você pôde perceber, é um filme de tribunal. Na verdade, mais de três quartos do filme acontece dentro dele. Mas se tem algo que americano sabe fazer é filme de tribunal (bom, pelo menos seriados), então ele não fica cansativo, apesar de confuso, já que, várias vezes, mostra uma cena que parece que vai mudar o rumo do comportamento do réu principal, apenas para avançar um mês no filme (o julgamento durou quase dois anos), sem explicar nada.

A grande atração do filme é mesmo Vin Diesel. Irreconhecível, o ator envelheceu bastante para viver o papel. Além de deixar crescer o cabelo (com entradas), engordou dez quilos para encarnar Jackie Dee.

Este é um filme pra quem gosta de uma comédia bem light, e não vê problemas em filmes de tribunais (ou mesmo pra quem não gosta tanto assim). Recomendado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: